Manual do aluno

Este manual tem como objetivo apresentar informações gerais de forma sucinta sobre os principais assuntos de interesse comum aos alunos matriculados e eventualmente aos que desejam ingressar no curso de Mestrado Profissional em Saúde, Medicina Laboratorial e Tecnologia Forense.

A Deliberação que rege o Curso é de n° 10/2016.

MATRÍCULA

Os candidatos aprovados no processo seletivo deverão realizar à matrícula, conforme data definida no Calendário do Edital de Seleção.

O candidato selecionado que não efetivar sua matrícula no prazo previsto perderá o direito a vaga.

TRANCAMENTO DE MATRÍCULA

Não será permitido o trancamento de matrícula no primeiro semestre letivo subsequente à seleção.

O aluno poderá solicitar à CSMLTF, o trancamento de sua matrícula por um período máximo de 6 (seis) meses, intercalados ou não.

O período de trancamento de matrícula não será considerado para fins de integralização do Curso, desde que o pedido tenha sido aceito pela CSMLTF.

INSCRIÇÃO EM DISCIPLINAS

O aluno deverá obter os créditos exigidos em disciplinas obrigatórias e eletivas, escolhidas em comum acordo com o orientador.

Em cada semestre letivo, até a aprovação do trabalho de conclusão final do curso, o aluno deverá efetuar inscrição em disciplinas, de acordo com o plano individual de estudos, observando o calendário acadêmico estabelecido pela CSMLTF em conformidade com o calendário da SR-2.

Será contabilizado o semestre em que o aluno não se inscreveu em nenhuma disciplina ou atividade sem solicitar o trancamento da matrícula, de acordo com o Calendário.

OBTENÇÃO DE CRÉDITOS  RELATIVOS À PRODUÇÃO ACADÊMICA E CIENTÍFICA DO PÓS-GRADUANDO NO TEMA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO FINAL DO CURSO

O aluno poderá solicitar à CSMLTF a obtenção de até 8 (oito) créditos relativos à produção acadêmica e científica do Pós-graduando no tema do trabalho de conclusão final do curso, conforme os critérios abaixo descritos:

  1. a) um crédito para cada duas apresentações em Congressos Nacionais (com publicação em Anais);
  2. b) um crédito para cada apresentação em Congressos Internacionais (com publicação em Anais);
  3. c) três créditos para cada publicação de artigo científico em periódico Qualis A1, A2; dois créditos para cada publicação de artigo científico em periódicos Qualis B1 ou B2; um crédito para cada publicação de artigo científico em periódicos Qualis B3.

APROVEITAMENTO DE CRÉDITOS

Será permitido o aproveitamento de créditos obtidos em Cursos de Pós-graduação stricto sensu, credenciado pelo CNE, ou em Cursos equivalentes de instituições estrangeiras, a critério da CSMLTF, desde que não ultrapassem um terço do total necessário à obtenção do título correspondente.

CANCELAMENTO DE INSCRIÇÃO EM DISCIPLINAS

O aluno poderá solicitar cancelamento de inscrição em determinada disciplina, desde que ainda não tenham sido ministrados mais de 15% (quinze por cento) da respectiva carga horária, sendo considerado reprovado o aluno que, após este limite, abandonar a disciplina.

PERÍODO DE INTEGRALIZAÇÃO

O período de integralização terá duração mínima de 12 (doze) e máxima de 24 (vinte e quatro) meses.

Para integralização do MPSMLTF, o aluno deverá completar um mínimo de 24 (vinte e quatro) créditos das disciplinas e 01 (um) crédito da atividade prática obrigatória.

OBTENÇÃO DE CRÉDITOS

Fará jus aos créditos o aluno que obtiver, em cada disciplina ou atividade, média final igual ou superior a 7 (sete) e tenha frequência mínima de 85% (oitenta e cinco porcento), das respectivas aulas e atividades.

DESLIGAMENTO

Será automaticamente desligado do MPSMLTF o aluno que:

  1. a) interromper seus estudos sem anuência da CSMLTF, de modo que não mais possa integralizar o currículo no prazo máximo previsto;
  2. b) for reprovado pela segunda vez na mesma disciplina;
  3. c) for reprovado em mais de duas disciplinas;
  4. d) exceder o período máximo permitido para a integralização do Curso, conforme o disposto no Art. 19;
  5. e) permanecer mais de um semestre sem cumprir disciplina ou atividades, salvo se estiver unicamente dependente da apresentação do trabalho de conclusão final do curso ou gozando do benefício do trancamento de matrícula.

 

EXAME DE QUALIFICAÇÃO

No prazo máximo de 12 (doze) meses a partir da data de início das atividades no curso, o candidato deverá ser submetido a um exame público de qualificação que constará de uma avaliação do desenvolvimento do projeto de trabalho de conclusão final do curso e dos resultados parciais alcançados, se houver.

A avaliação do desenvolvimento do projeto do Mestrado será feita por dois professores ou pesquisadores da área.

Cada examinador, além de tecer comentários sobre o projeto, atribuirá uma das seguintes menções: APROVADO SEM RESTRIÇÕES, APROVADO COM NECESSIDADE DE MODIFICAÇÕES ou NÃO APROVADO.

Caso aprovado com necessidade de modificações, o aluno deverá reapresentar o projeto aos avaliadores em um prazo máximo de dois meses, e o aluno só será aprovado se os avaliadores julgarem que as modificações foram satisfatórias.

O discente que não for aprovado no exame de qualificação poderá se submeter a novo exame no prazo máximo de 6 (seis) meses da primeira avaliação.

O discente não aprovado na segunda avaliação perde o direito de defender Dissertação, tendo o direito de receber uma declaração do Coordenador do Programa indicando as disciplinas cursadas com aprovação, o número de créditos obtidos e a frequência em cada disciplina.

 

SOLICITAÇÃO DE APRESENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO FINAL DE CURSO

PROPOSTA DE BANCA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO FINAL DE CURSO E ENTREGA DA VERSÃO INICIAL À SECRETARIA

No máximo 45 dias antes da apresentação do trabalho de conclusão final, o orientador deve encaminhar à Secretaria uma versão do Trabalho de Conclusão Final de Curso e o Formulário de solicitação de apresentação do Trabalho de Conclusão Final de Curso, propondo nomes de examinadores para a banca. Juntamente com o formulário, deverão ser entregues cópias dos diplomas de Doutorado dos membros sugerido que não estejam cadastrados no Curso de Mestrado Profissional em Saúde, Medicina Laboratorial e Tecnologia Forense(MPSMLTF), e uma cópia impressa (encadernação espiral) e digital (via e-mail) da versão inicial do Trabalho de Conclusão Final de Curso. O formulário “Solicitação de Apresentação do Trabalho de Conclusão Final de Curso” pode ser retirado na Secretaria do Curso ou na página eletrônica do curso. Cabe ao aluno tratar da entrega da versão inicial aos membros da banca (em formato mais apropriado definido por cada membro).

O Trabalho de conclusão Final do Curso deverá adequar-se as regras para registro no sistema de Bibliotecas da UERJ e em conformidade com as regras da CAPES, com o aluno aparecendo como autor.

 

 

ORIENTAÇÕES SOBRE A COMPOSIÇÃO DA BANCA

A banca examinadora deverá ser composta pelo Orientador e mais dois membros, sendo pelo menos um não pertencente ao quadro funcional da UERJ, e dois suplentes, baseada em lista proposta pelo Orientador e aprovada pela Comissão do MPSMLTF.

A presidência dos trabalhos da sessão de apresentação dos trabalhos de conclusão final do curso caberá ao orientador.

 

APRESENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO FINAL DO CURSO

A apresentação dos trabalhos de conclusão final do curso compreenderá as seguintes etapas:

  1. a) instalação da Comissão Examinadora;
  2. b) exposição, pelo candidato, dos principais resultados obtidos em seu trabalho de conclusão final do curso, em prazo não superior a 30 (trinta) minutos;
  3. c) leitura dos pareceres dos examinadores
  4. d) proclamação do resultado.

 

CATALOGAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO FINAL PELA BIBLIOTECA

Após a apresentação do trabalho, o discente deverá realizar os ajustes finais, se houver. Se houver solicitação de ajustes, o discente deverá entregar a Secretaria do MPSMLTF uma declaração do Orientador informando que as solicitações foram cumpridas, e para compor a versão final do Trabalho de Conclusão Final de Curso o aluno deve providenciar ainda a correta catalogação no verso da folha de rosto junto à Biblioteca Biomédica A – CB/A. Os contatos são: E-mail cbabdtd@gmail.com ou ainda pelo telefone 21 2868-8046.

 

PROCEDIMENTOS ADICIONAIS PARA ENTREGADA VERSÃO FINAL NA BIBLIOTECA E RETIRADA DO CERTIFICADO DE REVISÃO NORMATIVA

Após a catalogação, o concluinte receberá um e-mail da Biblioteca informando a liberação para impressão e outras orientações.

O concluinte deverá entregar todos os itens (Formulários, o trabalho impresso e em meio digital – em pdf e word na versão final encaminhados pela Biblioteca) juntos na CB/A para impressão do CRN (Certificado de Revisão Normativa) – os formulários e o trabalho impresso (1 versão) e em meio digital.

Após emissão do CRN, o concluinte deverá procurar a Secretaria do Curso para dar prosseguimento na entrada do Diploma.

 

REQUERIMENTO DE DIPLOMA

O concluinte deverá entregar na secretaria:

  • o trabalho impresso e em meio digital (versão final);
  • preencher o formulário “pesquisa de egressos”
  • preencher e assinar o requerimento de diploma
  • entregar o Certificado de Revisão Normativa